Até a próxima!

31/07/2009

Cartum e o fim que se aproxima, Despedida em Istambul, Estamos juntos – lendo os títulos de alguns dos meus últimos posts, noto que venho, já há algum tempo, tentando me preparar para este momento.

Depois de mais de cinco meses de viagem, 13 países visitados e dezenas de histórias narradas, finalmente chegou a hora de me despedir de vocês, que me acompanharam nesta jornada.

Alguns entram neste espaço desde o meu ponto de partida, quando ainda tinha uma África inteira por atravessar; outros chegaram ao blog durante o percurso e seguiram a viagem até o final; de todos, para a minha surpresa, conhecia pessoalmente apenas um punhado.

Hoje faz uma semana que voltei a São Paulo, cidade onde nasci e vivi a maior parte da minha vida. Ansioso que estava para reencontrar os meus amigos que aqui moram, fui forçado a permanecer em repouso devido a uma lesão na panturrilha direita, que se agravou nas últimas semanas porque não respeitei os meus limites – segundo o médico que me examinou.

Por causa da lesão, fui impedido de pôr os pés no chão por alguns dias. O tempo também não tem cooperado. Desde que cheguei, choveu todos os dias em São Paulo – o que jamais vi ocorrer no inverno, estação que costuma trazer aos paulistanos dias muito secos.

Agora que o tempo ruim parece dar uma trégua e o antiinflamatório começa a fazer efeito, ensaio os meus próximos passos nesta cidade que ao mesmo tempo acolhe e repele. Os protestos dos usuários dos ônibus fretados, as escolas que cancelam aulas por causa da gripe suína, a imperdível exposição da Sophie Calle, a última derrota do Corinthians: São Paulo impõe o seu ritmo e a sua agenda até a recém-chegados. A vida nesta cidade convida a uma série de reflexões, mas preciso de um tempo para me ajeitar.

Este blog foi uma descoberta para mim. Tornou-se um vício do bem, e quem sabe eu o ressuscite um dia. Por enquanto, deixo aqui o meu e-mail, caso alguém de passagem por São Paulo (ou um morador da cidade) queira transpor a barreira da máquina e me encontrar para um café ou uma cerveja: joaofellet@gmail.com. Aos mais avançados, também estou no Twitter (joaofellet), embora ainda não saiba usá-lo direito.

Obrigado por tudo.

Espero reencontrá-los em breve!

Anúncios

23 Respostas to “Até a próxima!”

  1. Olá joão ,mais um texto ótimo seu e as despedidas que nem queria enfrentar pois estava viciada no seu blog…….
    Mas ,tudo é uma viagem e portanto embarco nessa de agora também………..
    Quem sabe um blog de reflexões???????
    quem sabe???????
    Um grande beijo e obrigada
    sonia e sim irei escrever nos seu e-mail para um chá…..hehehehe (não tomo café)
    sonia

  2. Lara said

    Ainda não li o blog inteiro – sou uma das que te encontrou no meio do caminho e decidiu seguir viagem -; em cada postagem a África se desabrocha num flor exótica e bela. Possivelmente, levarei algumas coisas que li aqui para a vida.

  3. cassia saiovici said

    João ,já estou com saudade,mesmo tendo você tão perto…Espero que se restabeleça logo,venha nos visitar e que alem de tudo continue escrevendo alguma coisa nova para nosso deleite…beijos,Cássia

  4. Filipe Torquato said

    Esse blog já tinha virado uma rotina pra mim, é quase sagrado eu dar uma passadinha em alguns dos sites mantidos no navegador como Favoritos. Alguns, sim, mas sempre os mesmos, incluindo este. Admito que já estou com ‘pena’ da morte do blog desde que já estava prestes a chegar ao Cairo. É como se dissesse: ‘depois do Cairo, o dilúvio’.

    Ademais, é muito gratificante ver pessoas fazendo por mim o que eu ainda não posso fazer, que é estar ou ter estado na África. Ainda chegarei lá. Enquanto isso espero contar com os contos de viajantes que lá estiveram, os Marco Polos de um pedaço do mundo constantemente ignorado.

    Que tenha muito sucesso, e muita coisa a ver nesta vida!
    É o que deseja seu leitor que não o conhece, de Santa Catarina.

  5. Marcos said

    O Blog é excelente !

    Acompanhei desde o início como um livro que se lê a cada capítulo sem saber o que acontecerá no seguinte. A novidade é que o autor do livro também não sabia como seria o próximo capítulo. Interessante essa idéia de uma história real sendo escrita quase em tempo real e ao mesmo tempo sendo lida.

    Vê se, mesmo sem atualizar, deixe um tempo no ar para quem ainda não leu possa ler aos poucos. Tem muita informação importante para quem pretende dar uma espiada na África.

    Não apague o blog.

    Abraço e boa sorte aqui na vida selvagem de São Paulo.
    Marcos

  6. Obrigada por me ter deixado viajar “consigo” ;))
    Por favor não o apague já que ele é muito bom e pode sempre ser revisitado!
    Tentarei acompanha-lo no twitter
    Desejo-lhe felicidades!
    Um abraço
    Otília

  7. Maikon Augusto Delgado said

    Sim, concordo com todos. Parabéns pelo blog. É um dos que mais gostei de acompanhar e dos que mais gosto ainda hoje…

    Boa volta ao Brasil.

  8. Paulinho said

    Numa altura em que toda a gente está a fazer despedidas, venho para dizer que foi em grande tudo o que foi narrado, ao pormenor, nesse sítio.
    Não vejo a hora de encontrar o meu amigo João num café em Higienópolis e, magicamente, nos transportarmos para a pastelaria Nilo, no Zé Pirão, Luanda, cidade-capital da República de Angola, terra mágica que nos uniu, ao grupo todo. até breve e parabéns,s empre.
    paulino

  9. Fernando said

    João obrigado por nos levar em sua viagem!
    Seja muito feliz e nos leve outras vezes para recantos ainda mais remotos desse mundão de meu Deus!
    Um grande abraço
    Fernando

  10. juborges said

    Filete, estamos juntos! E ainda nos encontraremos mto por esses lugares todos do mundo.

  11. m.Jo said

    Valeu, João.
    Obrigada pela viagem.
    Qualquer dia apareço para a tal cerveja. Em Sampa, Luanda, Brasília, quem sabe? Nos vemos por aí.
    E passe no Seguindo Adiante de vez em quando, tá?
    Beijocas

    E não apague o blog!

  12. Olá João,

    Foi um prazer acompanhar a tua grande viagem por este imenso continente acima. E que bem que nos foste mantendo informado das tuas aventuras. Parabéns por tudo!

    Tenho a certeza que essa viagem marcará a tua vida e provavelmente vais repartir a tua vida no “antes da viagem” e o “depois da viagem”.

    Abraço e bom regresso à ‘real life’.

  13. Abraço joão, e até o ano que vem, ou aqui ou ai!

  14. Mara said

    João, embarquei no seu blog desde o início e venho seguindo-o como a um diário. Vivi em Maputo por 1 ano – o suficiente para me ligar eternamente a tudo o que é de Africa. Com certeza, sua viagem foi das maiores emoções da vida aqui nesta inóspita NYC. Boa sorte, boas viagens e me avise de suas próximas aventuras. Valeu!

  15. Guta Cunha said

    Ahn que pena que acabou!!! Mas tenho certeza que essa grande viagem dará início a muitas outras! E se vc quiser dividir vai ter mta gente pronta p/ te acompanhar!
    bjus!

    obs: já vou te “seguir” no twitter! Eh facil viu! Vc pega o jeito rapidao! =)

  16. Camila Brandalise said

    Quando me perguntam o que eu faria se faturasse algum prêmio na mega sena, eu conto tua história e respondo dizendo que arrumaria minhas malas e imediatamente ajeitava um roteiro pra fazer o mesmo que você. Porque, cara, foi demais!

    Um abraço,
    Camila

  17. Coronel Kurtz said

    Prezadíssimo soldado João,

    Acompanho seu blog desde o ínício (seguindo recomendação do Diário da África).

    Seu blog deu um pouco de brilho ao dia-a-dia um tanto burocrático de um Coronel.

    A verdade é que nutro imensa vontade de fazer uma viagem como a sua, mas me falta coragem. Acompanhá-lo em sua aventura foi um exercício de admiração e de novas experiêncas.

    Muito obrigado.

  18. Caro João,

    Terminou a viagem, mas ficaram as memórias e essas são eternas. Não é toda a gente que tem o privilégio de ter vivido uma experiência assim, e ainda menos conseguem contá-la tão bem. Foi um prazer acompanhar essa viagem através deste blog e tenho a certeza que irei relê-lo. Espero que possamos tomar um café quando eu passar por São Paulo! Pela minha parte, vou continuando com as minhas “asviagensdealex”, que ainda estão em Angola, muito embora já tenha acumulado matéria para muito mais, com as várias viagens que entretanto já fiz.

    Abraço,

    Alexandre Correia

  19. Larissa said

    “acolhe e repele”: umas descrição que materializa perfeitamente o misto de ansiedade e receio que eu tenho de voltar a São Paulo. Mas afinal, a cada lugar novo que eu vejo sinto que é mais difícil negar que esta cidade maluca sempre será minha casa…

    um beijo e até muito breve!

  20. Flávia said

    Blog muito bom, peguei ele no caminho, mas li cada post.
    Peço o que tenho certeza que muitos já pediram aí em cima, que você continue a escrever, em um novo blog ou nesse mesmo.
    Boa São Paulo pra você.

    Beijos

  21. Fê Costta said

    Olá João!

    Que viagem realmente incrível!! Mais do que países, vc fez uma viagem no tempo, nos valores e na cultura de povos tão diferentes! Não haveria como ficar alheio à tudo isso! Bom recomeço de vida, já que uma viagem destas muda muito a forma como passamos a encará-la!

    Grande abraço de outra blogueira apaixonada por viagens!

  22. Este blogue foi uma verdadeira reportagem. Ganhou admiradores que acompanharão com interesse futuros trabalhos do autor João Fellet.
    Peço-lhe que publicite aqui peças jornalísticas que venha a realizar.
    Abraço.
    Antonio Fidalgo

  23. fmvalmeida said

    Excelente o blog. Textos muito bem escritos e detalhados. Li todos os posts em doses controladas por três dias. Ao mesmo tempo senti inveja e vontade de mais uma vez visitar a África.
    Parabéns pelo blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: