“No english, only russian!”

12/06/2009

Meu pai, minha mãe e meu irmão já chegaram a Assuã. Estão exaustos, pois passaram quase um dia inteiro viajando. Fizeram escalas em Dakar, em Istambul e no Cairo.

 

Quando passavam pela imigração no aeroporto do Cairo, foram abordados por um oficial que os indagou sobre o que fariam no Egito.

 

Eles responderam que viajavam a passeio e, então, tiveram de listar os lugares que visitariam.

 

O sujeito, que portava um crachá e se apresentara como funcionário do governo egípcio, pegou os passaportes de cada um e pediu que o acompanhassem.

 

Seguindo-o, os três passaram por alguns postos de controle da polícia sem ter de pegar fila ou apresentar os seus documentos.

 

Quando viram, estavam numa agência de turismo do lado de fora do aeroporto. Lá, o sujeito fez uma oferta para que, por intermédio da sua agência, visitassem todos os destinos que haviam listado no questionário.

 

Meus pais disseram que não comprariam nada e que queriam imediatamente apanhar um táxi – já que teriam de ir a outro aeroporto para voar até Assuã.

 

Felizmente, tudo correu bem: eles conseguiram sair da agência e chegar ao aeropoto a tempo. Mas já tiveram um gostinho do que os aguardava no Egito – o assédio sem fim que sofrem os turistas que vêm para cá. E que pode ocorrer mesmo em locais onde se pensa estar protegido, como no setor de imigração de um aeroporto.

 

Ontem, quando andava de mochila pela cidade (sem mochila, poucos acham que sou estrangeiro), fui abordado por dezenas de vendedores e supostos agentes de turismo.

 

Cada um tinha algo a oferecer.

 

Não é a primeira vez que passo por isso nesta viagem. Na Tanzânia, principalmente, mas também na Etiópia e em Moçambique, fui abordado na rua várias vezes por aproveitadores de todo tipo.

 

O papo costuma ser o mesmo: tentando estabelecer uma conversa, o sujeito pergunta de que país você é. Se você demonstra pouco caso, ele diz que não quer o seu dinheiro, apenas praticar o inglês.

 

Muitos dizem que trabalham no hotel em que você está hospedado, e que até viram quando você fez check-in no dia anterior. Mas que agora estavam de folga e, vendo você passar, vieram cumprimentá-lo.

 

Quando estava com paciência, deixava que me seguissem até perceberem que não arrancariam nada.

 

Mas se estava de mau humor, usava uma técnica infalível. Dizia que eu era da Rússia e que falava “only russian, no english”.

 

Era engraçadíssimo ver a reação dos sujeitos nesse momento. Alguns apelavam ao francês, ao espanhol e ao italiano, mas a minha resposta era sempre a mesma: “only russian!”

 

Eles então desistiam.

 

Já ensinei a estratégia à minha família. Como estamos na baixa temporada no Egito, é provável que os aproveitadores nos ataquem com maior intensidade – há poucas presas dando sopa. 

 

Que venham, pois a reposta está na ponta da língua: “only russian! Spasiba!”

Anúncios

19 Respostas to ““No english, only russian!””

  1. Vou registar essa dica. Vinda de um viajante experimentado só pode ser boa e eficaz. Continuação de boa viagem e bons momentos com a família.

  2. Marilia França said

    Oi, João:
    Acho ótimo você explicar tudo direitinho para o seu pai, pois senão ele se perde e vai estragar a viagem de todos vocês. Depois descreve, por favor, o que você achou de Abu Simbel. Super boa viagem!
    Beijos a todos
    Marilia

    • João Fellet said

      Pode deixar, Marilia, que cuidaremos disso! rs…
      Abu Simbel eh realmente fantastico –todos adoraram. Fiquei impressionado tanto pela fachada quanto pelos desenhos de dentro. E como tudo esta bem conservado, nao?
      beijos

  3. Marcos said

    Você pode treinar uma técnica que funciona bem para simular o som da língua russa:

    1- escreva umas frases simples em português. 3 ou 4 servem;
    2- reescreva-as de trás para frente;
    3- substitua o final de algumas palavras, não precisa ser todas, por “óv”, “óve”, “iego”, “ich” (itch);
    4- treine paraa falar com fluência;

    exemplo:

    Ritsisni méugle ossuróv esauqiego o ralafitch a ecemocóve

    Pelo menos fica bem engraçado …

  4. Não havia comentado ainda aqui, mas acompanho o blog, e está cada vez melhor! Muito boa dica, dá pra usar até lá em Salvador.

  5. Paulino said

    João,
    Sempre safo em tudo. Que maravilha que a viagem está acabando dessa forma, em grande, com toda a família reunida. Você certamente é outra pessoa hoje, mais legal ainda. Não esqueça da promessa: visitar Natal o mais rápido que puder.
    Paulino

  6. cassia alves said

    oi joaõ! a viagem xta cada vez mais interessante,e curte bastante ai com a familia.bjinhos Cassia

  7. Adorei essa dica,muito boa!!!!!!!
    Um grande abraço na familia……
    sonia

  8. Lara said

    Valeu pela dica :D

  9. hhahhaha João, mas nem precisava apaelar tanto… pelo menos não no Egito. Usei a mesma técnica o ano passado, mas em vez de russo, falava em português mesmo. Mas não diga que é brasileiro, pq senão lá vem o famoso RONALDO!, rs… É só sair falando em português que eles desistem, rs

    bj e boa viagem.

    • João Fellet said

      menina, acredita que encontrei muitos vendedores que falam espanhol? alguns nos ouvem falar portugues e vem para cima com “senor, mira las camisetas! solo dos euros!”
      por isso, ate sair daqui, chamo-me iuri.
      bjs

  10. Mayra said

    e só agora tu descobriu isso, maldito?
    teria sido tão útil em luanda… =)

  11. rosana fellet said

    João,que bom que todos chegaram bem,estávamos preocupados,vou dar notícias para sua vó,ontem mesmo ela disse:”que coisa,pra que esse menino ir tão longe?”
    Desejamos ótima viagem a todos,mandem notícias.Beijos,Rosana

  12. Josy said

    Boa tarde amigo
    Achei muito interessante sua viagem e suas fotos
    abraços
    Josy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: